21.6.06

deixo

Tragam-me um dicionário. Ou mesmo uma enciclopédia. Tragam-me um tradutor. Um psicólogo e um psiquiatra. Um ilusionista. Um anestesista. Tragam-me um bisturi e arte que o Tomas tinha. Tragam-me um pouco mais de tempo e reboninem os relógios. Ou então deixem a vida ser esta confusão igual à do cesto da costura. No fundo, se puxarmos pela ponta certa até cosemos os botões com linha da mesma cor.

6 comentários:

Miguel. disse...

Simplesmente muito bonito... mas mesmo assim agrada-me muito a ideia de coser os botões com linhas de cores diferentes :)

Rita disse...

e por falar em costura. já ouviste falar no BRECHÓ?

beijo

franksy! disse...

muito obrigada, miguel.!

e sim, às vezes também é bom coser com linhas de cores diferentes!

franksy! disse...

Rita, eu vi o termo no moscatel, mas pensei que fosse um termo rítico para mais uma das tuas loucuras!

que é brechó?!

Miguel. disse...

será brechó de coisas usadas ??

franksy! disse...

pois!
se calhar é reciclagem de roupas usadas...
é isso?!