28.4.07

cinquenta e três foi a conta que sócrates fez!


Sem comentários: