14.6.07

As extraordinariedades da vida!

A pequena Francisca [gosta de ouvir assobiar e] gosta da eple dos röyksopp! Claro que é difícil não gostar desta música, mas com três meses e treze dias, parece-me muito à frente!

Sorri plenamente quando lhe assobio a eple! [E eu posso não ser um Andrew Bird, mas tenho um assobio apresentável!] É lindo de se ver! Da próxima vez vou assobiar-lhe o common people!

12 comentários:

ana disse...

excelente escolha! que rapariga com bom gosto é a pequena Francisca... eu fiquei completamente rendida, babada, apaixonada por ela! (queria uma Francisca dessas para mim)
fala a voz da experiência (experiência do catano!), tu nem imaginas como as tias fixes são importantes para a formação de miúdas fixes! a common people é fundamental!!!

Lou Camille aka Sílvia A. disse...

Confirmo! As tias fixes são fundamentais para a educação de qualquer miúda ou "miúdo" fixe!

O meu sobrinho é muito fixe pela tia fixe que tem... mas eu não lhe assobio nada, até porque nem sei!!
Ele sim, canta músicas "rap" e pede para eu dancar! ;)

Tiago disse...

Assobia-lhe Peter Bjorn & John... diz que funciona muito em bebés!

franksy! disse...

Sem dúvida que esta Francisca chegou para dar cartas! É com toda a imparcialidade que afirmo que ela é simplesmente fenomenal!
Eu não tive tias fixes, mas tive irmãos-fixes-quase-com-idade-de-serem-meus-tios!
Tenho de lhe gravar o seu primeiro cd de indie!!! :D
[e tenho mesmo!!! Antes que o pai lhe de cabo do bom gosto!]

Lou, ter um sobrinho dessa idade já a cantar RAP também é muito à frente!!! Da próxima vez que estivermos juntas eu assobio e tu danças! ;)

Beijo enorme!

Tiago, que sugestão linda!!! Eu aqui no meu mundo ainda não conhecia Peter Bjorn & John e fiquei DELICIADA!
[se calhar é a criança que há em mim!]

Amanhã à noite a pequena francisca já vai ouvir o Young Folks! E ainda por cima ela vai adorar o video-clip!!! Ela adora desenhos animados!!!

kat_Jam disse...

Tias fixes ou amigos fixes. O Carlinhos, que morava na 2º casa à esquerda da descida para o meu bairro, era 4 anos mais velhos e tinha uma mota a cair por todos os lados ( a típica mota do azeiteiro, muito em voga na altura nas aldeias do nosso Portugal)passava os dias a ouvir o Different Class dos Pulp. Depois vieram as tardes passadas a trocar discos, eu a falar do ciclo e ele a contar as aventuras do liceu. Depois vieram as tardes a passear de bibicleta junto à mata atrás de nossa casa. Depois veio a namorada dele :) Ficou o platonismo amoroso e ficaram os Pulp. Sou-lhe eternamente agradecida :)
Amo ... AMO PULP.

kat_Jam disse...

Ah ... ontem, antes dos Wraygunn, todos nos lembrá-mos de ti no Tropical quando começou a tocar a Eple dos Royksopp .

franksy! disse...

Sim... mais tarde também vieram os amigos! Tu tinhas o Carlitos, eu tinha o Miguelinho! [doze anos mais velho...] Aliás, ele estava junto a ti no dia do jantar! Ainda somos IMENSAMENTE amigos! Ele morava um pouco mais longe de mim, mas isso não o impedia de me emprestar todos os cds que comprava [logo quando os cds eram uma novidade!!!] e de me falar de todos os grupos que valiam a pena! Por acaso descobri sozinha pulp, mas foi ele que acabou por me emprestar o cd [differente class, obviamente] que me fez cair de amores! [aliás, como era uma edição especial, anos mais tarde acabou por mo oferecer!]
A namorada dele - curiosamente hoje minha ‘cunhada’ - nunca me quebrou o platonismo! E toda a gente se lembrará sempre que a Francisca teve uma enorme paixão pelo Miguelinho! De certa forma acho que nos vamos amar para sempre! E a pulp também! ;)
Ah!!! E ele não era tão 'azeiteiro' como o Carlitos... tinha uma BW'S!!! ;)

E agora uma belíssima história para vocês que se lembraram de mim!!!

Era uma vez…
Provavelmente quando a Eple começou a passar, eu estaria em minha casa a assobiá-la à pequena Francisca que ficou aos meus cuidados! [e ela estaria obviamente a sorrir!]
Passou parte da noite comigo, e, inevitavelmente, tive de lhe assobiar várias vezes a música só para acreditar na espectacularidade desta inacreditável criança!
A Margarida, a Maria, a Joana e o Jerónimo já a viram sorrir por causa da Eple! E se for a Joana a assobiar, ou as duas em coro, também resulta! :)

Agora a parte mais engraçada… quando ontem se juntou cá a vizinhança em casa, estiveram – naturalmente – a contar-me como foi a noite e o concerto! E falaram de ti e da Ana! E eu, admirada por terem estado juntos, perguntei se vocês não tinham perguntado por mim… A Margarida fechou o sorriso que tinha na cara e, receosa de me magoar, disse que sim! Mas eu já conheço a Margarida há 10 anos!!! Percebo perfeitamente quando está a mentir! Ela nunca teve muito jeito para esse feito… fiquei triste por vocês não terem perguntado por mim, mas pensei, se ninguém no mundo me ama, porque haveriam elas de querer saber de mim?!... engoli a minha melancolia e continuei a passar a ferro [enquanto a margarida fazia crepes e o Jerónimo e a Joana serigaitavam pela casa], passado algum tempo vim ao computador e li o teu último comentário: ontem, antes dos Wraygunn, todos nos lembrámos de ti… [na altura só consegui ler até aqui] e saí disparada a correr pelo meu T0 até à cozinha para dizer à Margarida que afinal vocês se tinham lembrado de mim!!! Ia eu de dedo esticado, quando cheguei à sala e, por causa de um poster do kill bill, ia mandando o tralho da minha vida! Então cheguei – ainda de dedo esticado – junto à Margarida a berrar-lhe histérica que vocês se tinham lembrado de mim – mas ela só se conseguia rir do quase espalho que dei na minha própria sala e do facto de eu ir a correr como se a minha casa tivesse cinquenta e três quilómetros de comprimento…
Pronto. Só faço figuras tristes! E gostava de partilhar isso convosco!

ana disse...

falaram de ti e da ANA?!?!
e a menina margarida, disse que me foi buscar ao feito, mas com outros objectivos? também te disse que a semana passada andou a beber ucal e frisumo ananás no tropical? e que eu consigo fazê-la rir por causa minha boca? e também te falou do meu grande amor? e falou das alianças?
já ouvi falar muito nesses crepes isso realmente é a alguma coisa que se aproveite?!?! a margarida é a coisa mai linda!!!
se ninguém te ama no mundo porque haveríamos nós, perguntar por ti? nós temos mesmo de por os pontos nos iiis!!!
esse cena deve ter sido bem bonita!!! podes ter andado a correr pelo T0, mas ela é que ia correr o 300m barreiras na sexta... deixa lá eu andei a cantarolar em voz alta (eu faço isto geralmente mentalmente... sou muito à frente!) sem me dar conta, de tal forma que o joão perguntou se eu estava bem e à noite a catarina, pedia desculpa às pessoas a dizer que eu não andava bem, porque segundo consta eu só dizia barbaridades... ora quando as pessoas põem em causa a minha sanidade mental...
não fazes nada só figuras tristes! fazes figuras adoráveis, daquelas que a cada dia que passa só me faz sorrir mais e gostar mais de ti!
para ti todas as flores do mundo seriam poucas!

Kat_Jam disse...

Obviamente que não perguntei por ti. Sabia perfeitamente que estavas em casa a curar a ressaca dos safaris da outra noite. É como eu, na sexta abusei na vodka e agora fico 2 meses a curar a bebedeira que nem foi assim muito grande, à excepção do incidente das chaves deixadas na ignição e dos faróis acesos. Se eu tentar explicar que estava muito cansada (afinal, já não me deitava àquelas horas à uns tempitos) toda a gente se ri com aquele ar de "Foi do cansaço foi ... chama-lhe cansaço". Lá para meados de Agosto estou pronta para mais:)
E eu bem me lembro de dizer à Ana que esperava que estivesses no concerto, aliás, como estava tudo parado no Tropical em cima da hora do concerto sempre pensei que lá fosses ter. Que eu sei que és do rock, ou se bem me lembo estávamos as 2 em Bunnyranch no Ard'rato à não muito tempo atrás. Por alguma razão o bicho se chama Roquefor (ou rock4, para ser artista). Lembro-me de pensar "raios partam que não trouxe pipocas", sim, porque agora,, em vez de andar sempre com rebuçados Dr Bayard e chupa-chupas de sabor a iogurte na mala vou começar a andar com pipocas. Um dia ainda vamos ter de escolher entre umas sapatilhas e um caixote de pipocas e sei bem que daí a uma hora vamos estar as duas a rebentar pacotinhos da Dan Cake como se não houvesse amanhã, a enfiar na boca, de uma vez, todas quantas abem nas 2 mãos abertas, e a grunhir,numa voz gutural "PIPOCAS ... MAIS PIPOCAS ..."

franksy! disse...

Pois é, Ana!… é assim que se apanham as pessoas! A menina-flor não me conta nada! Nada!!! Sinto-me excluída… também me posso rir com a tua boca?! Posso saber do teu grande amor e das vossas alianças?! Eu sou sempre a última a saber de tudo é indiscutível! Os crepes são muito bons e rápidos! A Margarida é o fast food do crepe com qualidades nutritivas! Um destes dias vêm cá comprovar!
Quanto ao vosso amor, estava a brincar! Os pontos estão nos iiis! [mas lá que fiquei tristinha por achar que ninguém se tinha lembrado de mim, fiquei…]
E posso-te dizer mais! Nessa sexta-feira que a Margarida ia a correr os 300m de barreiras, tinha ‘roubado’ um copo de vinho de uma festa ao ar livre para ficar mais solta para o exame que ia ter de tarde! [sobre drogas legais]
Também gostava de ter visto a tua figura… ando a perder o melhor da festa!
As minhas figuras tristes fazem parte de mim, como os meus olhos ou a minha boca, ou o meu riso estridente…
Obrigada por tantas flores!!!
Milhares de bolas de sabão com reflexos coloridos para ti!!!

Catarina… eu não preciso de curar a ressaca todos os dias!!! [pelo menos nunca deixei as chaves na ignição, as luzes e o rádio acesos…]
Na noite do concerto de wraygunn eu optei pela pequena francisca e pelos röyksopp em loop! Eu às vezes tenho de ser da alternativa! Mas já voltei ao Rock! Por falar nisso, os bunnyranch vão voltar ao ard’rato, estamos lá, certo?! [eu já tinha optado pela vertente rock4!]
Espero que tenhas pipocas da próxima vez que nos encontrarmos! Ando mesmo a ressacar!
Por Pipocas……… dêem-me pipocas…………! ;)
Beijo grande!

Catarina do Folk disse...

Certamente que estamos lá ... se é do rock é connosco. Mas quem te pode censurar por teres optado pelo programa caseiro na sexta? Se eu tivesse sobrinhos (ai que desgosto ...) também preferia ficar em casa a ouvir Pulp ou Radiohead para educar a petiz condignamente desde cedo.

franksy! disse...

Marcaremos presença como meninas do rock que somos!
Quanto à pequena Francisca, tem algumas más influências lá em casa... se não for eu a educá-la, não e ninguém!