7.7.07

até às dezanove, será um prazer receber-vos na gang of four! apareçam!

25 comentários:

Lou Camille aka Sílvia A. disse...

OH, franksy! já tenho saudades tuas!!

Lou Camille aka Sílvia A. disse...

http://www.youtube.com/user/vlasvlasvlas

:)

franksy! disse...

Também eu, Lou!!!
E tenho-me lembrado tanto de ti por estes dias.......
Beijo enorme e até já!!!

Adorei os vídeos!!!
Estou na dúvida se prefiro ser a grua ou a girafa... talvez a girafa!

franksy! disse...

e acho importante salientar que: quem não apareceu perdeu super fofinhos [???!!!] ice tea e danoninhos de morango, banana e frutos do bosque!!!
[com uma colher para cada sabor]

Já para não falar de [mais] um passeio pelo choupal ao som de românticos boleros!

kat_Jam disse...

Motivos gravíssimos impediram-me de por lá passar para te dar um beijinho. Não, 2 beijinhos. Um por bochecha:) Como assim Danoninhos? E não sobrou nem um? Ai que saudades de um Danoninho... E essa história dos boleros deve ser muito boa :)

Lou Camille aka Sílvia A. disse...

eu preferia ser a grua! afinal ela muda radicalmente de vida! ;)

franksy [natra]! disse...

Pois foi, Catarina... Espero que os motivos gravíssimos estejam resolvidos e que esteja tudo bem! Mas perdeste Danoninhos! E não sobrou nem um!!!
Vais ter de aguardar a próxima sessão de gang!
Mas fico à espera dos meus beijinhos! Não penses que me só me amas em frente à Sé Velha!!!
Um beijo muito grande!!! Na próxima incursão ao choupal, vais connosco!
[e não deve demorar!]

Lou, acho que foi exactamente isso que me fez optar pela girafa! Eu gosto muito de aventuras e desafios, mas também gosto muito de ser/estar como/onde estou…

ana disse...

os danoninhos ganham, largamente, aos super fofinhos. posso ter perdido a batalha, mas espera-me uma longa guerra...

franksy [natra]! disse...

Realmente Ana… com toda a consideração pelo teu gesto, acho que realmente é indiscutível que os Danoninhos ganharam aquela batalha! Mas, depois daquela ida ao LIDL [sem ser o das Xabregas] a guerra está acesa!
Acho que tudo se decidirá no dia do piquenique! Vai ser uma luta renhida! Comecemos desde já a preparar a grande batalha!!!

ana disse...

eu sei reconhecer quando perco e quando os adversários me dão luta é quando eu gosto mais de reconhecer que perdi! mas ele estava em vantagem. sim! venha esse pic nic... o chefe deve sair-se com um arroz de grelos e pataniscas e eu face a isso vou ter muito que pensar... a ida ao LIDL foi um tónico!

franksy [natra]! disse...

realmente, a luta também é uma coisa que me move!
espero que já saibas que não tens muito tempo para te preparar... o pic nic é já este sábado!!!
pataniscas num tupperware é fundamental, mas há que surpreender ainda mais!!!

uma boa notícia: o Atum também vai!!!
Ele já conhece o espaço, gostou e vai connosco!!!

ana disse...

mal acordei vi a tua sms... acho que vou ter de ligar para o meu rico paizinho porque ele tem sempre muitas ideias para essas coisas. a minha excelsa família é devota do santo pic nic. no meses de verão não há bendito domingo que falhe. é um certame com rituais já muito característicos e uma vez aceite na "confraria" é para a vida!!! logo eu lá em baixo tenho todo o tunning picniqueiro e mais algum que tu podes imaginar... e as ementas são dignas de bradar aos céus!!! agora aqui, assim no improviso, sinto-me um bocado perdida... veremos!!!

franksy [natra]! disse...

acordaste bem tarde!!!
[eu enviei-te a mensagem eram umas duas da manhã...]
a minha família nunca foi nada piqueniqueira... aliás, eu é que gosto de piqueniques!!! e só há pouco tempo é que consigo arrastar pessoas comigo!
mas a realidade é que o piquenique é o cheiro a bronzeador num dia verde!
a tua família sabe-a toda!!!
eu própria ainda não pensei no que levar. e tu tens a vantagem de poder pedir conselhos ao papá! eu vou ter de me arranjar sozinha!
tss... tss...
tens a vida super facilitada!
Vais brilhar! vais brilhar!!!

ana disse...

facilitada?!?! e tu nem imaginas o regabofe que o meu pai faz em pic nics... as ideias dele podem não ser muito... aplicáveis à prática picniqueira da região centro...

ana disse...

só para que conste o meu 96 tem delays!!!

ana disse...

já te disse que o 91 é que é fixe. diz que tu me mandaste 24 sms's e troca-me os remetentes das mensagens, no outro dia tinha um professor a me chamar "meu amor"... amo os meus celulares!

franksy [natra]! disse...

Porque não podem as ideias do teu pai ser aplicadas aqui na zona centro???
Envolve alfarrobas?! Envolve conquilhas?! [ai conquilhas… as saudades que eu tenho de conquilhas… mas parece que eu breve as matarei!!! Às saudades, não às conquilhas! – essas já estarão mortas…]

Eu confundo sempre qual é o teu número mais oficial… mas agora já sei! Nove um! Nove um! Não me torno a confundir! Até vou separar os teus números! Um fica com a tarte o outro com o rabanete!
A tmn é a rede mais fatela… devias ver-te livre desse número e arranjar um nove três!!! Tudo o que tem três é bonito!
Os meus professores são muito queridos comigo, mas nem com filtro optimus me tratam por amor! Será que os professores da nossa Catarina também a tratam por amor??? ESPERO BEM QUE NÃO!!! :P
Eu acho que já te enviei vinte e quatro mensagens… mas caso não tenha enviado, tenho pelo menos a certeza que já te cantei o vinte e quatro rosas numa jarra!!! [eu e o menino dos boleros! Que bela dupla!]

No fim disto tudo, acho que continuamos a zero no que diz respeito a ideias fantásticas de piquenique…
Mas acho que uma ida ao LIDL [sem ser o das Xabregas] nos poderá ajudar bastante! Especialmente se levarmos o Janequinha, que tem um olho clínico para estas coisas!
[e aqueles bonecos mascarados de animais???!!! Lindíssimo… tenho de passar as fotos do telemóvel para o PC! O canguru era o melhor! Acho que não há dúvidas!]

ana disse...

Porque o meu pai vai dizer “umas sardinhitas sem cabeça ou uns carapauzinhos alimados, ou fritos em molho de tomate” e vai dizer “umas papas de milho com condelipas (em Lagos conquilhas chamam-se condelipas)” e depois vai dizer para sobremesa “um concurso de bolinhos d. Rodrigo e medronhos!”
A tmn é um nojo, mas ligações parentais e familiares no geral obrigam-me a manter este fiel casamento de sete anos. Quanto aos professores da Catarina não sei, mas tu podes ir directamente à fonte perguntar… ;)
Quem me canta o vinte e quatro rosa… Canta-me o mundo! Voçes são realmente uma dupla impar (belo trocadilho) e por falar nele… falei com ele e está a fazer-se de esquisito diz que tem uns compromissos e tal, que “vai ver”
Eu estou completamente sem saber o que fazer, talvez só o LIDL nos salve… Que coisa bonita esses bichos, há coisas que eu gosto muito de fazer esporadicamente para quebrar qualquer tipo de rotina instaurada e ir ao LIDL é sem dúvida um elixir!

franksy [natra]! disse...

Estou fascinada!!! Quando me disseste que o teu pai era um pró do piquenique, confesso que não esperava tanto!!!
Estou aqui em pulgas - nas do Atum - para saber o que é um concurso de bolinhos D. Rodrigo!!!
Condelipas é uma palavra linda!!! Conquilhas é bom, mas condelipas não lhe fica atrás!!! Posso dizer "condelipas com conquilhas"?!

ainda bem que não gostas da tmn! porque aí sim, seria imperdoável! tmn é rede de homens que usam as calças debaixo dos braços! :P
Por falar em calças debaixo dos braços... eu confio plenamente na nossa Catarina!!! [eu e o António!]

também gostei muito do trocadilho da dupla ímpar!!! [já alguém se tinha lembrado disto?!] e em breve temos de voltar à praia fluvial para cantarmos mais umas coisas! especialmente sobre aquela ponte de construção pós-moderna!
O senhor janeca está-se a armar em esquisitinho, está... eu daqui a pouco tenho uma conversa com ele!!!
ainda não faço a mínima ideia do que vou fazer... do que vou levar... perdi a noção de quem vai e não consigo definir uma hora!!!
este piquenique é o caos!!! é o caos!!!

ana disse...

não juntes as palavras família da Ana e pic nic à toa, porque é assunto sério! ele é feijoadas à brasileira, caipirinhas feitas no local, caldeiradas, grelhados, assados, cozidos, bolos requintados e doces com especiarias vindas especialmente de trás do sol posto! depois há todo o tunning que existe única e exclusivamente para servir os pic nics, até os galheteiros(gosto da palavra!) são só para os pic nics. todos levam alguma coisa, perde credibilidade quem leva mais comida para casa. há toda uma série de movimentações telefónicas durante a semana para que ninguém se arrisque a repetir ninguém nas iguarias. cada núcleo familiar traz os amigos que quiser e há inclusivamente pessoas que saíram de propósito de lisboa pela fresquinha quando souberam que havia "O pic nic". eles dão-se ao luxo de mandar vir coisas do arco da velha sentados no meio de pinheiros a 40 km da civilização. os meus primos pequenos ligam lá para casa a perguntar "tio zé manel quando é que há pic nic outra vez?". se por algum acaso a coisa não estiver bem composta, vai tudo a casa tomar duche e o "pic nic" segue para um restaurante qualquer que eles se lembram quase do outro lado do mundo...

o concurso tem de ser feito com bolos d. rodrigo (ou de doce fino) e medronho (este é o motivo pelo o qual eu não participo) e só visto!!!

conquilhas com condelipas é o mesmo que dizer conquilhas com conquilhas... acho que sim!

ohhhh! que lindo! calças debaixo dos braços e sapatinhos de bico é o estilo!!! estou indecisa entre o rococó ou branca de neve e os sete anões. também pode ser um bocado roque!!! ou será rock?

aquela ponte é o medo!!! eu sei nadar... nadar bem... se cair à água eu safo-me, mas tenho medo de cair ao rio, ao mar não, mas ao rio tenho medo... é parvo, mas imagino que há sempre coisas estranhas no fundo que me vão puxar o pé ou que se abrir os olhos debaixo de água vou-me deparar com um cenário estilo hostel (foi o filme mais macabro que vi, que tentei ver, não gosto de filmes do terror! eu é mais ursinhos carinhosos)

caos é bom!!! e que tal seis da manhã?!?! assim está tudo fresquinho e expedito!

franksy [natra]! disse...

Já percebi a autoridade que a tua família é no que concerne a piqueniques e terás para sempre todo o meu respeito e estima! Nunca vi nada parecido… nunca sequer imaginei algo assim…
Nem sequer sabia que existia a parafernália tunning de piquenique!... [sim, galheteiro é boa palavra!]. Nós trouxemos demasiada comida para casa… não somos muito credíveis… mas acho que este, para começar, não correu nada mal!
Já estive a falar com o Ricardo e o próximo terá febras e sardinhas! E também espaço!!! Porque, como disse o Janequinha, aquele espaço chegava e sobrava.. se fossemos só dois… :P
O próximo vai estar próximo de atingir a perfeição!!! Já nos estou a ver…. num areal gigante, mesmo à beira rio, com o kit piquenique todo montado, o fogareiro, o carvão, o Jaime a queixar-se das suas maleitas, o Daniel a misturar a groselha… vai ser muito melhor!!! Um grande upgrade!!! E viste como o Jesus foi nosso amigo? Fez muito bom tempo, só desabou as nuvens, que tinha para lá, no dia seguinte!!!

Continuo sem perceber o que são bolos d. Rodrigo… desisto! Não vou participar no concurso!

Já está decidido! Agora é conquilhas com condelipas!!! [mas vai-te mantendo por perto]

Quanto ao estilo… eu já sabia que havia sirigaita no pedaço! Mas eu não me importo! O meu amor é inabalável! Com ou sem sirigaitas, com ou sem a concorrência [bastante desleal] do Ricardo…
Tudo o que roque ou rock é bom! Às vezes roque, outras rock! É conforme! Mas é sempre bem!

A ponte não mete medo, o que realmente me assusta é como é que alguém que nada no MAR vai depois ter medo de nadar no riozinho… o que achas que está no fundo do rio?! Jedis?! Lulas gigantes? Alforrecas de açúcar amarelo? O Pedro Abrunhosa?
Eu também não gosto muito de filmes aterrorizadores… a semana passada ia morrendo a ver o ‘the others’… Eu é mais amelies poulain’s e gangsters!

O caos afinal mostrou-se tranquilo! Foi calmo! Fácil e houve comida de sobra! Termos ido às seis da manhã teria sido complicado… iria haver muita luta por aquela almofada floral do Ricardo… já estou a ansiar pelo próximo!

[e sim, esta nossa conversa comentadorística não vai ficar por aqui!]

ana disse...

já percebi o objectivo é chegar aos cinquenta e três comentários! Vamos lá então! Que é disto que o meu povo gosta!

a minha família é de gente louca. a minha rica mãezinha chega a levar um pequeno alguidar e palmolive de leite e mel para no fim se lavar as mãos da imundices que um pic nic traz… e nós que nem guardanapos tínhamos!
se o Ricardo diz eu acredito, porque quem come figos com tanta vontade, e leva uma almofada florida!!! tem todo o meu apreço e respeito… eu que sou a menina da almofada, que ando sempre almofadinha trás, desta vez falhei redondamente! eu fui passar uma tarde ao fundão e levei almofada! e até tenho uma almofada de estimação do micas e da mine de quando era pequena que me acompanha nas actividades festivaleiras.
o janeca até parece que tem muito que se queixar, o lugar era bonito bucólico e fresquinho, se quisesse mais espaço tivesse ficado na eira!
o próximo vai ser na ilha!!! arranjamos um barquinho de borracha, ou atiramo-nos um bocado mais acima no rio para ir encalhar lá e o tum tum pode andar à vontadinha, o jaime pode deitar-se sem se queixar das cruzes e mesmo que se levante durante horas, não vai conseguir o efeito “vou-me virar de costas para o rio a ver se esta gente percebe”

o problema não são os bolos d. rodrigo… é o medronho! São bolos tipicamente lacobrigenses, são “ovos moles” envoltos em fios de ovos, com canela e amêndoa e uma ligeira calda, que depois vem embrulhados em papel de prata colorida. durante anos os bolos tiveram de ser embrulhados em simples papel de alumínio, porque os drogados andavam a assalta as cozinhas das "doceiras" para lhes roubar o papel. não percebi se foi porque o caldinho fica melhor ou se a cor do papel ajudava a viagem!

pois!!! o estilo só tem estilo para algumas coisas… e apesar do ricardo estar completamente caidinho, não tem hipótese enquanto não cortar aquele cabelo.

tenho algum receio… não sei de onde me vem esta pancada… acho que muito provavelmente de um dia em que era pequena e durante UM PIC NIC eu andava dentro de riozeco que lá havia e tive um confronto titânico com uma cobra. ela fugiu serra acima face ao meu hiper histerismo, mas eu nunca mais fui a mesma. e há dois meses vi um documentário sobre o rio amazonas e também não fiquei muito convencida. mas sim, o pedro abrunhosa põe-me a fugir a velocidades inacreditáveis. eu se calhar estou a exagerar e uma vez dentro do rio, ninguém me apanha, quem já andou a chapinhar no canal do sudoeste, não tem medo de rio!!!
e eu não acabei de ver o the others, também sou mais... melhor eu sou amelie!!!

o próximo vai ser mais melhor bom! pic nic com febras no local é que é pic nic!!!

(estou curiosa para ver onde vai chegar esta conversa!)

franksy [natra]! disse...

[pensavas que te tinhas livrado de mim?! Oh uh oh]

Ora nem mais! Aí está o nosso objectivo!
Eu costumo fazer isso com mails do gmail. Vou-os trocando com alguns amigos – os que estão a mais quilómetros – até chegarmos aos cinquenta e três! Mas às vezes chegamos aos cento e muitos!!!

Não desfazendo na tua, a minha família também é louca! Mas uma loucura ligeiramente diferente… a minha família não é muito – e cada vez é menos – de actividades ao ar livre! Eu realmente devo ter sido adoptada como eles sempre me tentaram convencer…
O mais ar livre que havia era o campismo quando éramos pequenos! E aí sim, fomos felizes durante muitos anos!!! O meu pai adora campismo!!! Também tinha o tunning todo do campismo! Desde o cesto das molas, aos serviços de plástico, havia de tudo! o que eu adorava o campismo… depois a minha mãe levou a dela avante e nunca mais houve campismo para ninguém…

Os guardanapos foram uma falha muito grave neste piquenique… ainda bem que o António nos salvou!

E o Ricardo foi uma surpresa! Uma revelação! Desde o prazer dos figos, à manta d‘avó, à almofada floral, o Ricardo revelou-se um autentico piqueniqueiro! E já alardeou febras [e eu sardinhas] para o próximo!!!

O Janeca é um pouco obsoleto… ele queria era um recinto de festas d’aldeia com palco e tudo… enfim…

A ideia da ilha parece-me a melhor! Ninguém nos chateava! O Atum já podia andar à solta [rasteirinho ou não] e nós podíamos molhar os pezinhos na água! De certeza que aquela água ia fazer bem aos calos do Jaime!

Começa-me a parecer que GOSTO MUITO de bolos D. Rodrigo!!!!!! [nem fales deles ao Jerónimo…]

A história das pratas é sureal……. Eu aposto no facto da cor ajudar na viagem! Lá deve ter mais uns químicos que quando combinados com limão fazem-nos ‘subir’ ainda mais!

Não sei se o Ricardo deve cortar o cabelo…
Quem não o devia ter cortado é o homem do estilo… mas isso já são quase introspecções…

Um destes dias vamos ao banho ao rio Mondego e eu – que sou a pessoa que mais pânico tem de cobras – mostro-te que no rio elas não nos fazem mal!!!
[nesse dia conto-te como é que o meu irmão Pedr[inh]o me ensinou a nadar!]

Eu também sou amélie! Somos umas amélies, é o que nós somos! Amelieismo!
Vivas as Amélies!!!

ana disse...

livrar-me de ti?!? eu nunca me livro das "coisas" que gosto!

vamos lá então ver onde chegamos com cinquenta e três comentários, mas só cinquenta e três. ninguém pode fazer o cinquenta e quatro mesmo que haja grandes questões existencialistas a responder, ficam-se para sempre perdidas no ciberespaço e começamos num post mais recente, com novas temáticas

do que me falas da tua família, há qualquer coisa de inveja em mim… eu nunca acampei com os meus pais. são pessoas algo comodistas e alias eu nunca fiz férias com os meus pais… mentira fiz! mas aquilo não eram bem férias e além disso era pequena e na altura só existia mais o meu irmão, que era facilmente despachado para casa da minha avó. eu era tão sossegada, que mal se dava pela minha presença. fiz viagens muito boas!!! porque viajar com o meu paizinho, dá sempre aventura. certa vez ficamos num hotel que tinha uma casa de banho comum ao andar e tinha um galo preso ao bidé… isso tinha o seu não sei quê de divertido… mas como a minha mãe leva sempre a dela avente… a diversão agora é no máximo irmos à praia em família e a praia foleira que ela escolhe. não pode andar muito do carro ao areal por causa da coluna, tem de ter alguma população conhecida para que ela possa fazer a sua actuação e nunca se vai ao banho, porque ela ainda ontem foi “à da glória arranjar o cabelo”... amo a quando ela diz isto

o António, tem sempre qualquer coisa de salvador da pátria. o Ricardo realmente foi uma contracção como nunca esperei, ele tem todo o espírito e mal posso esperar pelo próximo. o janeca é das companhias boémias que tem na vida, que o tornam pouco bucólico… ele e o Jaime… ou não fossem eles os “galantes”.
prometo que não conto nada ao Jerónimo, quando eu voltar da santa terrinha, vou ver se venho bem acompanhada… mas com os das pratas coloridas.

eu cá aprecio homens com um bom cabelo, mas sobretudo um bom corte… e realmente… talvez o homem do estilo tenha ido ao barbeiro que anda a circular nas enfermarias dos huc! talvez mamãe Graciete lhe tivesse feito um melhor trabalho.

mas o fundo do rio não tem lodo????????? isso assusta-me quase tanto como o bosque da festa da ruc!

franksy! disse...

desisti...
sou o elo mais fraco!
adeus!