18.12.07

da pureza

Sempre que se questiona a minha afilhada - a Sarita! a outra ainda não sabe pedir... - sobre a prenda que gostaria de receber no natal, ela responde, com a mesma naturalidade com que o irmão pede a playstation portable, um arco-íris! Perante esta genuinidade, que dificilmente terei conhecido a alguém, apetece-me levá-la a voar só com as nossas próprias asas e mostrar-lhe que afinal há algodão no céu! Esperarei um pouco para lhe mostrar que é possível! Que tudo é possível!

2 comentários:

a da tarte disse...

diria o lobo antunes e eu... "eu que me comovo por tudo e por nada"

franksy! disse...

é de comover!