21.1.08

they keep trying to take it away!


Nunca me recordo de ter acordado mal disposta, aborrecida ou irritada. Antes pelo contrário. E não é disso que se trata. Apenas de um pós-banho declinativo em termos emocionais, objectivos, abstractos, estimados, projectistas, ambicionais, emotivos e até físicos. É no fundo uma constatação daquilo que teimo em não aceitar que a vida [me] reserva. É tudo que pode não ser nada. E se um dias o mundo é demasiado grande para mim, noutros eu estou em excesso para o mundo! Vai já passar. Vai já passar meu bem!

6 comentários:

ana... disse...

always look on the...

franksy! disse...

não é irónico?!
não é irónico depois da nossa longa e profunda conversa de ontem eu acordar... assim?!
não parece propositado?
não parece que anda alguém aqui a brincar com isto tudo?

quem tomará conta das timetables?!...

ana... disse...

é irónico e cruel. assim por mais voltas que se possa dar será sempre tudo muito pesado... é tudo muito pesado. mas...
há sempre um mas.

franksy! disse...

I'll hang on that mas!

Tinta no Bolso disse...

o barco não tem ninguém ao leme, para dar mais pica

franksy! disse...

mas bem que se poderia dirigir a bom porto!