27.2.09

menu

Correndo o risco de parecer um pastor a pregar aos [in]fiéis, ou um cozinheiro frustrado, deixem-me que vos diga que a maioria das pessoas que conheço só não é – mais – feliz porque não quer. Têm na mão a faca e o queijo. A colher e a compota. O garfo e as moelas. Mesmo tendo todo o talher e o ingrediente, preocupam-se com garfinhos de sobremesa e facas de peixe. Centram-se no involucro, na tampa e na gordura. Não abrem o bom vinho que guardam para a ocasião especial que nunca acontece e deixam os pinhões a amolecer no armário porque se acham pouco dignos de setenta euros ao quilo. Inibem-se completamente de arrotar, nem mesmo naquele momento especial em que saberia realmente bem. E nunca fazem sugestões para a ementa. Mas queixam-se. Queixam sempre. Que nunca provam nada de bom, que o jantar não lhes agrada ou o faqueiro tem ferrugem. Poderia continuar a metaforizar, mas acho que vou comer um mil folhas!

25 comentários:

busycat disse...

bom apetite

beijo

angela disse...

:)

ana... disse...

eu por acaso estou incluída nesse cardápio?

Lou Camille (na vida real Sílvia A.) disse...

é muito verdade, muito verdade, e quando eu digo isso, elas (a maioria das que eu também conheço!) não entende!!!!

[digamos que eu também tenho aprendido umas coisas!!!] ;)

bonifaceo disse...

É só gente mesquinha!

Já provaste a glória? :D
A delícia com chocolate também é boa, pelo menos da padaria/pastelaria da ainda minha prima, aqui no Paço. :D

franksy! disse...

ana, podes não acreditar, mas foi exactamente por tua causa que sublinhei 'a maioria'!!!


Lou, ainda bem que compreendes e tentas até transmitir!!!

Eu espero que isto ENTRE na cabecinha de, pelo menos, uma pessoa que aqui vem!

Boni, por vezes nem é o facto de se ser mesquinho... às vezes é mesmo uma questão de feitio [lixado]!

Não provei e acho que ainda não percebi muito bem o que é a/o glória! E pára lá de me apresentar novos bolos que eu já sou gulosa que chegue com os que conheço! :p

Bird disse...

Metáforas muito sábias nina Francisca! A vida já é tão curta...

Abraço.

bonifaceo disse...

A glória é redonda, também é em massa folhada tal como o mil folhas, só que não leva todo aquele creme no meio, leva à volta e do lado de fora e a cobrir leva uma camada de açucar por todo o bolo (ou chocolate).
A delícia também é em massa folhada, leva uma camada de creme no meio, e pode levar depois chocolate por cima (mais uma vez, parecida com o mil folhas).
E ainda há a jangada que não passa de um palmier (ou seja, mais uma vez massa folhada!) com creme no meio e chocolate numa extremidade. Nham nham, acabei de comer uma! :D

Anny disse...

Depois de ser uma seguidora fiel deste blogue tinha que chegar o dia em que iria comentar algum dos posts. Chegou o dia.

Revi tanta boa, ou má, gentinha nas tuas palavras.

^^

ana... disse...

:( não percebo...

franksy! disse...

Bird, que prazer ver-te por aqui! Fico feliz por pertenceres ao grupo dos que compreendem o que digo [ainda que metaoricamente]!!!

Beijinho grande!

Boni, se continuas, vou-te exigir um lanche para me mostrares tudo isto!!!
[fico em jejum 5 dias antes para aguentar tudo!!!] :p

Anny, estou sempre a descobrir coisas!!! Obrigada por seguires assim fielmente esta humilde cinquenta e três! Ainda bem que algo te fez escrever!

Lá está, às vezes não é nada má gentinha! É gentinha de feitios e manias complicadas/diferentes... Gente que precisa de um abanão para acordar para a vida!!!

Beijinho e obrigada!

Ana, tu não podes perceber [de] tudo!!! Mas eu explico-te porque te dediquei um sublinhado - só entre nós que ninguém nos ouve - tu és das poucas pessoas que não se queixa do mundo! Que recebe o mau e o bom e transforma o mau numa lágrima e o bom numa flor ou num sorriso! Porque nunca te vi vitimizar! Porque nunca te vi de má cara, mesmo quando tens todos os motivos de mundo! E, muito especialmente, porque estejas como estiveres por dentro, dás sempre o melhor e o mais bonito de ti aos outros para que eles sorriam e sejam felizes! That's why!

Lou Camille (na vida real Sílvia A.) disse...

Ehehe…. Gosto da ideia da “glória”ser redonda ou rotunda! É interessante o ponto de vista. A glória seria apenas um estado rotundo, circunscrito e limitado.

lecooksportif disse...

Gosto tanto quando isto vira para a culinária! :)

RC disse...

Eu queria pataniscas sff

(quanto a mim enfio a carapuça)

bonifaceo disse...

franksy, exige, é sempre bom lanchar com gente interessante.
A Lou fala em redonda ou rotunda, porque se calhar conhece a glória assim (com buraco no meio), eu conheço nos dois formatos. :D
E falam em pataniscas... também ia, adoro bacalhau. Eheh!

ana... disse...

isso é que tu exageras... eu não sou essa tão boa pessoa e tão iluminada emocionalmente como tu fazes crer... havias de ver quando eu choro e tenho crises existenciais e grito e faço birra e amuo e não falo... no geral é só preciso um bocado de mimo, que me passa...

continuo sem perceber essa "maioria" a dirigir-se à minha pessoa... ... ... eu até acho que nem me preocupo nada com as tampas e as datas de validade com a gordura e as paneleirices...

franksy! disse...

Rai’s parta a miuda que não percebe nada…

Se escrevesse TODAS AS PESSOAS QUE EU CONHEÇO, estava a incluir-te nos que se preocupam com as validades das compotas, os fiozinhos de gordura e o rigidez da côdea!!!

Ao escrever A MAIORIA – sublinhada, estou a excluir-te desse grupo!

Quanto aos exageros, eu bem sei! Gritar e berrar e explodir e bater com os punhos no chão acontece a qualquer um! Não limitar a vida àquilo que leva à explosão já nem todos conseguem! Não transmitir energias negativas, nem todos conseguem!

E tu, por muita tempestada que haja, dás sempre o sol!

Mayfly disse...

Isso não é pra mim pois não? É que eu às vezes queixo-me... :(

franksy! disse...

Lou e Boni, vocês confundem-me com essa doçaria…
As barrigas de freira, os pasteis de nata e de tentugal são muito menos complexos!
[e bem saborosos!]

Mr. Cook Sportif, lembrei-me de ti de imediato! :)

RC,
Pataniscas já não temos…
E sim, não me tinha lembrado de ti, mas cheira-me que ao nível do pessoal enfias a carapuça!!!

Inês, queixar toda a gente se queixa! Até porque… as coisas podiam estar sempre melhores! O problema é quando se faz das queixas o dia-a-dia e elas substituem o teu bem estar! E isso, felizmente, tu não fazes!

ana... disse...

AHHHHHHHHHH JÁ SEI QUEM É!!! :) FINALMENTE SENTI-ME UM BOCADO ESPERTA...

bonifaceo disse...

São menos complexos no aspecto, se calhar são mais complicados de fazer, ou então não, pouco sei de culinária.
Os bolos que eu falei que não conheces são tão complexos como o mil folhas. :p

franksy! disse...

Ana,

O interesse não é saber quem é! O interesse era compreenderes o porquê de estares na maioria sublinhada!

De qualquer forma, todos – incluindo eu – devemos enfiar um pouco a carapuça e queixar -nos menos das ementas!

franksy! disse...

O mil folhas até é um bolo complexo… eu não sou muito conhecedora de bolos regionais… só aqueles que se vendem tanto em valença como em vila real de santo antónio! Tipo o mil folhas! ;)

alex disse...

estou a saborear este teu desabafo. soube-me bem.

franksy! disse...

ainda bem que o saboreias! detestaria que te deixasse um amargo na boca!