23.2.13

Crónicas de uma mail empregada #9

Uma mulher com apenas 27 anos teve um cancro na mama e teve de fazer uma mastectomia [remoção completa da mama]. Como normal, assim que existe a possibilidade é feita a reconstrução mamária. Para que a mulher não fique sem peito – no caso do cancro ter atingido ambas as mamas – ou para que a mulher não fique só com uma mama, como no caso desta senhora.

Há 5 anos atrás a minha entidade patronal [que tem uma vertente de assistência médica] ajudou-a a custear as despesas da mastectomia. Há um ano atrás ajudou-a a custear uma cirurgia preliminar – uma preparação do corpo/pele para o implante mamário.

Agora que finalmente a senhora fez o dito implante, o meu chefe 1 não quer aceitar o financiamento deste procedimento médico, porque nada lhe garante que ela teve mesmo um cancro [!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  3 ou 4 relatórios médicos e o facto de nós - entidade - termos acompanhado o processo desde o início não são prova suficiente] e porque ele conhece muitas gajas que fazem implantes destes para ficarem com o peito maior e que depois à noite se prostituem para os pagar…

Eu mereço um prémio por me conter e não pontapear o focinho de uma besta destas…

10 comentários:

StrangerThanKindness disse...

Mereces. Mas de tão ofensivo que é, podias ter pontapeado.
(podes sempre considerar as sugestões do outro post e fazemos uma vaquinha para pagar ao ucraniano ;))

franksy! disse...

Eu acho que mereço as duas coisas, confesso...

E não falem muitas vezes no ucraniano que eu ainda me desgraço!

Mas obrigada pela solidariedade de propores uma vaquinha para me ajudar a custear esta possível 'cirurgia'.

Ana 100 Sentidos disse...

Mereces mesmo!
Eu eu ajudo na vaquinha.

franksy! disse...

Obrigada Ana!
Eu sabia que estas crónicas me iam dar força e alento para viver com este emprego!

busycat disse...

Mas onde raio é que tu trabalhas, mulher... Cruzes!
Sabia que havia gente ignorante e estúpida e curiosamente chegam quase sempre a cargos de chefia mas no teu trabalho é uma sobreposição de atrasadisse!

Se precisares...
beijinho

franksy! disse...

No inferno, Busycat! No inferno...
Se não fosse ter uma amiga a trabalhar ao meu lado, acho que não aguentava...

Efectivamente o meu local de trabalho corresponde ao estereótipo dos ignorantes que chegam ao poder! E não estou a dizer isto só por dizer! O doutoramento do António tem uma parte que fala exactamente sobre liderança destrutiva e eu sinto sempre que ele está a falar sobre o meu emprego... Eu e a minha amiga ainda nos vamos rindo porque ao lermos alguns artigos do António parece MESMO que ele está a falar sobre os nossos chefes! :)

Já percebi que também posso contar contigo para a vaquinha, não é?! ;)

Obrigada pelas palavras! Deitar isto cá para fora faz-me bem!

mariasardinha disse...

Deitar pra fora faz bem a ti, e faz com que percebamos o que anda por aí...

I'm in [na vaquinha =)]

franksy! disse...

Obrigada, meu amor!
Isto vai acabar por ficar pouco dinheiro a cada um! :p

mariasardinha disse...

é o que se quer, que a vida custa a todos!!! looool ;)

franksy! disse...

:D