16.5.13

so far

Às vezes as pessoas querem desaparecer e falam logo em morte! Eu quero morrer! Eu hoje quero morrer! Ligam o simples [?!] e compreensivo facto de estarem saturadas e quererem desaparecer, ao suicídio! Tornando tudo muito pesado. Eu às vezes quero desaparecer. Eu às vezes penso em desaparecer. Mas sempre que o penso, imagino-me a conduzir sem destino horas a fio [eu gosto muito de conduzir. ainda que isso possa não ser muito seguro para a população em geral], mas depois voltaria! É esse o meu suicídio. É poder pegar no carro e conduzir, conduzir, conduzir como se não existisse mais nada.
Mas agora, com os cortes no salário, a brutal carga de impostos e ao preço a que está a gasolina, já nem me suicidar posso... 





6 comentários:

mariasardinha disse...

Sempre que quero desaparecer digo isso mesmo: d-e-s-a-p-a-r-e-c-e-r! Nunca fui capaz de dizer que quero morrer! As palavras têm muita força e sempre fico com a sensação que se disser isso vou morrer mesmo :\

[e quando penso em desaparecer também penso em conduzir, conduzir, conduzir... =) ]

franksy! disse...

Eu percebo! Às vezes quando digo parvoíces fico com a sensação que para castigo elas ainda me acontecem...

Que giro, não sabia que haviam mais pessoas que pensam em conduzir, conduzir, conduzir quando lhes apetece desaparecer! :)

Coração!

mariasardinha disse...

Conduzir é pra mim [pessoa pouco fã de desportos muito radicais] a actividade que maior liberdade me dá. É das coisas que mais gosto de fazer :)

franksy! disse...

É tão bom!


Tenho tanta pena que se tenha de pagar gasolina...

mariasardinha disse...

pois... esse "detalhe" estraga logo o romantismo da coisa :\ por isso ficamos pelo pensamento só :D [o que em alguns casos pode ser suficiente para nos abstrairmos da situação nem que seja por breves momentos ;) ]

franksy! disse...

Fechar os olhos e pensar que vamos a conduzir, a conduzir, a conduzir...