23.6.08

imagine there's no heaven


francesca woodman


O mundo que as mulheres imaginavam. O mundo que as mulheres imaginavam era torpe e falacioso, viam coisas e convenciam-se de estupidez por opção, a suspirarem em segredos inconfessáveis, cheias de vícios de sonho como delírios de gente acordada, como se bebessem de mais ou tivessem sido envenenadas por cobra má.


o remorso de sarapião baltazar, valter hugo mãe

3 comentários:

Tinta no Bolso disse...

lá lalá la lá

ana... disse...

esse livro é uma pérola! [tal como a francesca woodman!] li-o de uma ponta à outra sem ter grandes tempos para respirar. ai que eu não lhe conhecia tais manhas à prosa e tão aprumadas.

franksy! [girlfriend in a , ] disse...

tinta, dança também! :)

AnAmor, este livro foi dos que mais prazer me deu ler nos últimos tempos! prende completamente! as minhas [ainda maiores] vénias ao senhor valter hugo mãe!!!