21.8.11

ah e tal, gostar do cinquenta e três é muito estranho...

2760889966649. […] Dois mil setecentos e setenta mil milhões oitocentos e oitenta e nove milhões novecentos e sessenta e seis mil seiscentos e quarenta e nove, lera em voz alta. Depois, de novo, em voz baixa, como que para se apropriar daquele trava-língua. Decidiu que aquele número seria o seu preferido.

A solidão dos números primos, Paolo Giordano

2 comentários:

pensarcusta disse...

Saber que existe também alguém estranho com um nome italiano que possivelmente fantasia com uma miúda que se corta enquanto uma outra come um queque e gosta de um numero primo, talvez; Talvez, não abone muito a teu favor.

xD

franksy! the awesome wife disse...

:p

Tenho em minha defesa que:

- o Mattia era MUITO inteligente!!!

- quanto mais complexo o número, mais louca uma pessoa é!

portanto... se formos comparar 53 com 2760889966649, é óbvio que a minha sanidade mental não é uma ameaça para ninguém! :p