21.8.11

I never wanna go home

fotografia de Manuel Lino
Ao fim de treze anos, um mês e dezasseis dias voltei a eles.  Foi menos intenso que há 13 anos atrás, mas mais perfeito. E ninguém poderá acreditar à primeira que, com tamanho contagiante vigor, este senhor - que é tão singular que nos inquieta encarcerados nos seus movimentos - esteja a um mês de completar 48 anos.

5 comentários:

couve-flor. disse...

<3

Maria Ana disse...

Vi-o a solo há uns 3 anos em Paredes. É um senhor. Ver os Pulp deve ser tão bom! Que sorte :)

franksy! the awesome wife disse...

Também tive a oportunidade de o ver a solo há 2 [!] anos em paredes! :)
E vi-o em dj set no lux há uns quantos anos!
E vi pulp em 98 e em 2011!
E ia vê-los outra vez amanhã se pudesse! :)

Pode ser que ainda os consigas ver, Maria Ana!
Eles agora tomam-lhe o gosto e ficam a dar concertos até 2015! ;)

margarete disse...

eu estava lá! :P

franksy! the awesome wife disse...

oh... e eu não te vi... :(